Por Liliana Gessi - Sense Desenvolvimento Humano
Administradora/Especialista em Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas/Coach


É comum algumas empresas começarem o corte de gastos pela demissão de colaboradores, mas será que esta é a melhor saída? No momento em que o mercado aquece, existe novamente a necessidade de contratação de bons profissionais e aí que começam as dores de cabeça.

Segundo pesquisa realizada em 2015 pela Manpower Group, o Brasil está entre os 5 países com maior dificuldade para preencher posições, dentre os cargos mais difíceis de encontrar profissionais, estão as profissões de ofício manual, seguida dos representantes em vendas e depois dos engenheiros, especialmente elétricos e civis.

Boa parte das dificuldades, estão na falta de qualificação dos profissionais, no entanto, também existe dificuldade em associar o que a empresa oferece em termos de remuneração, possibilidade de crescimento, entre outros, com o que os candidatos estão buscando.

As empresas precisam cada vez mais tornar-se atrativas aos olhos dos profissionais, então a pergunta é: Sua empresa é atrativa? O que faz um candidato querer trabalhar com você?

As gerações atuais buscam não apenas um bom salário, mas um propósito de vida, um sentido de pertencimento a organização, um trabalho que seja desafiador e não rotineiro e, quando não encontram, não pensam duas vezes antes pedir demissão.

Valorizar os talentos internos, eis a questão!

Fonte: Revista Diversidade